Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/makash/public_html/dev/wp-includes/post-template.php on line 293

Pássaros da liberdade: jovens judeus sionistas socialistas

O livro, baseado na tese de doutorado, pode ser adquirido em varias livrarias.

A tese foi baixada da Biblioteca Digital da Univeridade de Campinas cujas 
condições de uso são:

"Todo o conteúdo das bases disponíveis na Biblioteca Digital da Unicamp destina-se para uso pessoal ou científico, sendo proibida a sua comercialização."

Consulte aqui o WorldCat para achar o livro na biblioteca mais proxima.

Carla Bassanezi Pinsky:

VIAF

WorldCat

Google

 

 

 

 

Pássaros da liberdade: jovens judeus sionistas 
socialistas; rapazes e moças do movimento 
Dror (1945-1960)

Carla Sílvia Beozzo Bassanezi Pinsky

Tese (doutorado) - Universidade Estadual de 
Campinas,

Instituto de Filosofia e Ciências Humanas

Orientador: Guita Grin Debert

Campinas, SP: 1999.

 

 

 

 

 

Título e Cólofon

1

 

 

Sumário  

3

 

 

Introdução   

5

 

1.

Capítulo 1 : A trajetória   

19

 

1.1.

Os primeiros tempos   

19

 

1.2.

Estrutura do Movimento   

34

 

1.3.

Os chaverim   

38

 

1.3.1.

  Origem familiar   

 

 

1.3.2.

  O que levou os jovens ao    Dror? 
  O que os atraía no     Movimento?   

 

 

1.4.

História do Dror no Brasil   

62

 

1.4.1.

  Números   

 

 

 

 

 

 

2.

Capítulo II: As bases teóricas   

85

 

2.1.

A inspiração: idéias que vieram 
de longe   

85

 

2.1.1.

  Movimentos pioneiros   

 

 

2.1.2.

Pensadores   

 

 

2.1.2.1.

  Gordon   

 

 

2.1.2.2.

  Borochov   

 

 

2.1.2.3.

  Katzenelson   

 

 

2.1.3.

Questões de gênero   

 

 

2.1.4.

Kibutz   

 

 

2.1.5.

  Movimentos juvenis e 
  movimentos juvenis     pioneiros

 

 

2.2.

A imaginação criadora: idéias  forjadas no Brasil   

106

 

2.2.1.

"O que somos?"   

 

 

2.2.2.

Juventude e classe social   

 

 

2.2.3.

  Revolucionários x    burgueses

 

 

2.2.4.

Auto-realização   

 

 

2.2.5.

Igualdade sexual e novas 
relações familiares   

 

 

2.2.6.

Por uma nova educação  

 

 

 

 

 

 

3.

Capítulo III - As práticas  sociais

131

 

3.1.

Ação educativa

131

 

3.1.1

  Leituras

 

 

3.1.2.

Atividades

 

 

3.2.

Os significados da  proletarização

166

 

3.3.

Identidade judaica, 
identidade nacional

174

 

3.4.

O Movimento e a 
coletividade judaica

178

 

3.5.

O Movimento e a Família

183

 

3.6.

Convicções e comportamentos

190

 

3.6.1.

  Auto-imagem

 

 

3.6.2.

  Os "outros" jovens

 

 

3.6.3.

  Igualdade, hierarquia,    democracia

 

 

3.6.4.

  Liderança, popularidade,    prestígio

 

 

3.6.5.

  Ideais e modelos: madrich,   shliach, herói, chalutz

 

 

3.6.6.

  Bachur e bachurá

 

 

3.6.7.

  Os chaverim e as regras 
  não escritas

 

 

3.6.8.

  Sexualidade, amor livre,    namoros

 

 

3.6.8.1.

   Casamentos no grupo

 

 

3.7.

Indivíduo e coletivo

251

 

3.8.

Desvios de rumo

255

 

3.9.

Expectativas

258

 

3.9.1.

  Expectativas com relação à   vida familiar

 

 

3.9.2.

  Expectativas com relação à   vida em Israel

 

 

3.10.

Um kibutz em Jundiaí: a  Hachshará

265

 

 

Conclusão

283

 

 

Glossário

291

 

 

Apêndice 1. Organograma da estrutura do Movimento

298

 

 

Apêndice 2. Hinos do Movimento

299

 

 

Bibliografia

301

 

 

 

 

 

 

Arquivo da Tese completa  (10 Mega)

aqui

 

 

 

 

 

 

Esta página em formato PDF pode ser obtida aqui

 

 

 

 

 

 

 

מקש לקידום יישומי תקשורת מחשבים בחינוך תרבות ומדע